2,9 milhões de Tablets podem ser vendidos no Brasil em 2012

2,9 milhões de Tablets podem ser vendidos no Brasil em 2012Dados divulgados pela consultoria IDC Brasil mostram que, até o final deste ano, 2,9 milhões de tablets devem ser adquiridos pelos consumidores. O valor representa um crescimento de 153% em relação ao mesmo período em 2011. Além disso, a expectativa é de que 46% dos aparelhos vendidos no terceiro semestre de 2012 possuem o preço abaixo dos R$ 500.

Para o analista da IDC, Attila Belavary, os fabricantes vêm explorando a sensibilidade de custo dos brasileiros: “a população não está disposta a gastar muito com um aparelho que será usado somente para práticas básicas de consumo de conteúdo”, afirma Belavary.

Mudanças no mercado

O fato dos consumidores possuírem inexperiência na hora de observar as especificações técnicas dos aparelhos foi responsável por motivar o aumento das vendas de tablets baratos, originados principalmente da China. Muitos deles, segundo o analista, não possuem as mesmas características das marcas mais tradicionais, levando a uma experiência pior do uso. O que pode acarretar, por exemplo, numa menor capacidade de armazenamento e falta de acesso á rede 3G.

O consumo de aparelhos mais baratos também trouxe mudanças nas configurações dos tablets. Hoje, metade dos produtos comercializados possuem o tamanho de 7 polegadas, sendo que apenas 20% possuem conexão 3G. Isso se deve ao fato dos brasileiros optarem por dispositivos que possuam apenas Wi-Fi.

Novos tablets no mercadoPerspectivas

Apesar da crise econômica internacional, o mercado de tablets continua a crescer, ainda que a confiança do empresário e do consumidor esteja instável. Embora a IDC tenha registrado sinais de desaceleração no mercado de computadores, o mercado de tablets vem crescendo contra esses fatores. Somente no segundo trimestre deste ano, 606 mil unidades foram comercializadas.

“A popularização dos tablets no Brasil deve acontecer em paralelo ao mercado de computadores e lhe garantir uma entrada nas dez primeiras colocações do ranking mundial até o final do ano. Em países onde o mercado de computadores é mais maduro, há maior adoção de tablets.” complementa Belavary.

A previsão é de que 5,4 milhões de novos aparelhos sejam vendidos em 2013.

Veja artigos relacionados

Comentários (1)

Deixe o seu comentário!