Carnaval do Rio servirá de teste para resolução 8K

Carnaval do Rio servirá de teste para resolução 8KPara testar e aprender mais sobre a resolução 8k, a emissora japonesa NHK, em parceria com a TV Globo, virá ao Rio de Janeiro para gravar o desfile das escolas de samba no formato. A resolução, superior ao Ultra HD, vai ser usada pela primeira vez no país, passando por uma avaliação para ver como a tecnologia funcionará em grandes eventos.

Ao todo 17 engenheiros virão do Japão com seis toneladas de equipamentos para a gravação dos desfiles que acontecem no domingo e na segunda-feira de Carnaval.  Junto com eles, a equipe da TV Globo dará suporte e aproveitará o momento para aprender mais com os japoneses. Apesar das imagens gravadas não serem transmitidas ao vivo, elas serão exibidas em março no Japão mostrando os bastidores do Carnaval, além de poderem ser conferidas durante a National Association of Broadcasters, uma feira norte-americana que acontece em Las Vegas.

Capturando cada detalhe

Filmadora 8KDuas câmeras serão usadas para as gravações, junto com equipamentos para captura de áudio com 22.2 canais, sendo que o padrão utilizado atualmente é de 5.1. A filmadora permite reproduzir as imagens na resolução 7.680 x 4.320, sendo 16 vezes superior ao formato HD utilizado atualmente. As equipes envolvidas poderão assistir às imagens pela central técnica da TV Globo no Sambódromo, onde ficará localizado um televisor de 85 polegadas, também vinda do Japão especialmente para reproduzir na resolução 8K.

De acordo com a diretora de Engenharia de Telecomunicações e Afiliadas da TV Globo, Liliana Nakonechnvj, o evento foi escolhido pela equipe da NHK por ter um conteúdo de imagem com muitos detalhes e cores, importantes para mostrar como a tecnologia funciona.

Aproximação

Protótipo 8KUm dos grandes avanços em relação aos outros formatos é em relação a distância. As TVs atuais exigem uma distância ideal três vezes maior a altura da tela. Para as telas de 8K será apenas de 0,75, ou seja, se a tela tiver 1 metro de altura, será necessário manter uma distância de 75 centímetros!

Apesar de representar um grande avanço para a tecnologia, não há previsão de TVs capazes de reproduzir imagens em 8K no mercado internacional. Até o momento, a única empresa a apresentar um protótipo foi a Sharp, durante a CES 2012. Nem mesmo as TVs de 4K, que já estão à venda no país, se popularizam.

O Japão será o primeiro país a fazer a transmissão via satélite no formato 8K, prevista para 2016, enquanto a resolução 4K será exibida dois anos antes. Depois disso, o plano é que ocorram transmissões terrestres por meio de torres de televisão, do mesmo jeito que ocorre nas redes de TV aberta. No Brasil, a TV de alta definição HD ainda está em expansão para as cidades do interior. Mas já existe o desenvolvimento da tecnologia para a próxima geração, que dará um passo enorme com a filmagem dos foliões do carnaval.

Veja artigos relacionados

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!