Como escolher uma câmera fotográfica digital?

O mercado de câmeras fotográficas digitais é bem extenso. Existem diversos modelos e marcas, mas quanto ao tipo, são basicamente três opções: as compactas, as semiprofissionais (superzoom) e as profissionais (DSLR). Para escolher qual o tipo e modelo comprar, você precisa conhecer cada uma delas, saber para o que cada uma serve e identificar qual é a câmera adequada para o seu perfil, ou seja, qual a finalidade dessa compra.

compactaCompactas
Estas são as câmeras mais simples do mercado, elas são usadas normalmente no modo automático, embora algumas ofereçam algumas configurações. São as mais fáceis de usar, pois mais leves e possuem os preços mais acessíveis. Elas são ideais para quem não tem muito interesse em aprender sobre fotografia, quem quer apenas registrar os bons momentos.

superzoomSemiprofissionais
As câmeras semi-profissionais ou superzoom, são ideais para quem está querendo começar a aprender sobre fotografia, estudantes ou até mesmo para quem está pretendendo trabalhar nesse ramo, mas não quer investir muito no começo, pois elas são mais baratas que as profissionais. Essas câmeras podem ser usadas também no modo automático, mas a maioria dos modelos possui controles manuais, para quem realmente quer aprender. O corpo delas é um pouco menor que as profissionais e não possuem lentes intercambiáveis, mas alguns modelos permitem adaptar lentes para dar um “up” nas fotografias.

´profissionalProfissionais
As câmeras profissionais ou DSLR são as usadas pelos profissionais. Essa é a versão digital das SLRs, aquelas com controle manual e que necessitam de filme.

Esse modelo é o mais adequado para quem quer ter o controle total sobre o resultado das fotografias. Também são câmeras utilizadas por estudantes, que podem gastar um pouco mais para obterem melhores resultados em seus trabalhos. Lembre-se, se o seu objetivo é trabalhar com fotografia e pode investir, invista em uma câmera profissional, pois depois que aprender a usar, você sentirá que a semiprofissional é pouco para você.

E então, o que você pretende fotografar?
Antes de comprar uma câmera é muito importante pensar bem no que você pretende fotografar. Voltando a falar sobre o seu objetivo. Se você pretende fotografar momentos do seu dia-a-dia e não precisa de muito zoom ou rapidez entre um disparo e outro, opte por uma compacta, elas também fazem ótimas fotos.

Ainda se o seu interesse por fotografia não é tão específico ou profissional, se você quer fotografar shows, festas, partidas de futebol ou outros esportes, as semiprofissionais vão te garantir boas imagens, pois o zoom que elas possuem permite uma boa aproximação do assunto que irá fotografar.

Porém se você quer mesmo levar a fotografia como profissão, se seu interesse é aprofundar os seus conhecimentos e tem como investir nisso, compre uma câmera profissional. Mas lembre-se, além do corpo da câmera, você precisará investir também em lentes específicas para cada ocasião.

Já decidiu que tipo de câmera vai comprar? Então leia essas dicas
Marca: A preferência por uma marca ou outra é algo muito pessoal. Nossa dica é, cuidado ao escolher marcas desconhecidas e procure não comprar uma câmera sem ter certeza que é original do fabricante, pois apenas as originais possuem garantia.

Assistência técnica: Não esqueça de pesquisar se a marca escolhida possui assistência técnica autorizada de fácil acesso, pois imprevistos podem acontecer. E lembre-se que a maioria dos fabricantes só oferece garantia para o país de origem.

Megapixels: Não se deixe enganar por anúncios de câmeras que ofereçam um número elevado de megapixels como grande diferencial, pois existem vários fatores que influenciam na qualidade das fotos. Nem sempre uma câmera com mais megapixels fará imagens melhores do que a que tem menos, isso vai depender da qualidade da câmera.

Sensor: O sensor equivale ao tamanho do filme de uma câmera analógica. É ele que capta a imagem. Os tipos de sensores são basicamente CCD e CMOS. O CCD é mais comum em câmeras compactas, é mais caro e consome mais energia que o CMOS, que é mais barato, consome menos energia, porém, possui uma qualidade inferior. Quanto maior for o sensor, melhor será a qualidade da fotografia.

Armazenagem: Outro fator muito importante é a memória. As câmeras digitais possuem uma memória interna bem pequena, que o melhor a fazer é nem contar com ela.
Para não se incomodar com o tamanho do armazenamento de suas fotos, compre um cartão de memória com bastante espaço. Mas observe se ele é compatível com a sua máquina, pois eles são diferentes entre si.

Obs: O nosso objetivo não é dar aula de fotografia, apenas queremos ajudar a conhecer o seu perfil como “fotógrafo” e indicar o tipo de câmera que mais de adapta às suas necessidades.

Redação do Portal MacOfertas.

Veja artigos relacionados

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!

Aguarde 5s Fechar Webprice