Dicas para escolher o seu primeiro instrumento musical

Dicas para escolher o seu primeiro instrumento musicalA escolha do primeiro instrumento musical é o passo mais importante para quem está começando a tocar.

Um fator que serve para todos os instrumentos e as vezes acaba sendo determinante é o preço. Ao escolher um equipamento mais barato, você pode perder na qualidade e acabar tendo problemas futuros. Então, escolha o que lhe oferece uma boa qualidade, pesquise as melhores marcas e o material utilizado na fabricação, para que não seja necessário trocá-lo tão cedo.

Siga nossas dicas e faça uma boa compra.

guitarraGuitarra: Antes de escolher a primeira guitarra, você deve ter a certeza do estilo musical que irá tocar.
Se você for iniciante, na hora de escolher, peça ajuda de um profissional.
Às vezes é melhor investir um pouco mais e comprar um instrumento melhor, pois além do conforto na hora de tocar, estimula mais o desenvolvimento técnico.
Compre uma que lhe agrade esteticamente.

tecladoTeclado: Se você está começando, procure um teclado que possua acompanhamento automático. Também é importante que o seu teclado permita trabalhar com dois sons ao mesmo tempo, pois algumas músicas exigem isso. Escolha um instrumento que seja fácil de operar.
A marcas que estão disponíveis no mercado são boas, mas o ideal é observar os termos de garantia e possibilidades de assistências técnicas.

violãoViolão: Quando for comprar o seu primeiro violão, faça a pesquisa acompanhado de alguém que entenda tudo sobre o instrumento.
Para iniciantes, o ideal é escolher um instrumento que possua cordas de nylon, pois são mais fáceis para aprender. Mas tenha em mente o tipo de música que pretende tocar e escolha um violão apropriado.
Preste atenção no material. Alguns violões são feitos com madeira em aglomerado ou compensado, e esses não têm uma boa sonoridade.

violinoViolino: Estes são instrumentos caros, pois o que caracteriza um bom violino é a sua confecção e os materiais empregados. A escolha do material, a forma do corpo, o aperfeiçoamento do corpo, as ilhargas (que separam o tampo superior do inferior), os ouvidos em forma de “F” que comunicam o ar e as vibrações dentro do corpo do instrumento para o exterior e a montagem das peças, incluindo o estandarte, o cavalete, o ponto, as cordas, as cravelhas. Tudo precisa estar em perfeita harmonia para a escolha de um bom instrumento.

flautaFlauta: Antes de escolher, peça a opinião de um profissional. Não compre a primeira flauta que você viu e achou bonita. Mesmo parecendo um instrumento muito simples de escolher, a compra requer atenção aos quesitos qualidade, marcas e materiais que são utilizados na fabricação.
Não escolha as flautas coloridas, pois elas são feitas de latão, não emitem um bom som e podem apresentar problemas de montagem. Quanto mais nobre for o material, melhor e mais duradouro é o instrumento.

cavaquinhoCavaquinho: Assim como os outros instrumentos, o cavaquinho requer cuidado especial na hora da compra, e deve ter o acompanhamento de um profissional.
Os modelos mais tradicionais são: Clássico, Paulistinha, Fiber e Vazado. Os modelos de cavacos Fiber e Vazado, são exclusivamente para profissionais e para uso plugado, em mesa ou caixa de som.
O modelo Clássico é o mais comprado em todo o país, pois seu som é versátil e serve para qualquer utilização. O modelo Paulistinha parece muito com o clássico, mas a cintura é mais fina e é o modelo mais usado nas rodas de samba.

bateriaBateria: Antes de escolher a bateria, você precisa ter certeza do tipo de som que irá tocar, para escolher um instrumento apropriado. Peça ajuda de um profissional na hora de fazer a busca.
A parte mais importante é a madeira, se a madeira for ruim, não adianta as ferragens serem boas.
Mas não basta também a madeira ser boa, a seleção, o corte, a secagem, a idade, a construção do casco, o número de folhas e o acabamento das bordas, também interferem na qualidade de um tambor.

pandeiroPandeiro: Este é um dos principais instrumentos de samba e pagode. Ele parece ser muito simples, porém é composto de várias partes que devem ser levadas em consideração na hora da compra.
Existem pandeiros de vários tamanhos, e quanto maior, mais som ele produz, mas é mais difícil de tocar. Então, se você está iniciando, o ideal é escolher um de tamanho 12’’.
Escolha o tipo de pele que mais se identifique. Elas são divididas em três tipos:
Pele normal sintética: Produz pouco som e é indicada para samba.
Pele dupla sintética: É mais indicada para o pagode, pois produz mais sons secos e graves.
Pele natural: Possui efeito surdo e é melhor de tocar.
Observe as platinelas. Para shows, as duplas são as melhores.
E para escolher a marca, escolha as brasileiras. Afinal, é aqui que se encontram os verdadeiros sábios do samba e do pagode.

Onde você pode encontrar os instrumentos:
Americanas
Eletroshopping
Insinuante
Magazine Luiza
Ponto Frio
Ricardo Eletro
Shoptime
Submarino
Walmart

Redação do Portal MacOfertas.

Veja artigos relacionados

Comentários (3)

Pedro Henrique 23 de julho de 2014 às 13:02 Responder

Gostei das dicas! Estou bem indeciso se compro um violão para ir aprendendo a tocar e depois compro a guitarra, ou se já compro a guitarra logo de cara. Vou fazer como você falou e checar bem os termos de garantia, não quero cair em nenhuma cilada.

Valeu pelo post,
P.H.

admin 25 de julho de 2014 às 19:15 Responder

Olá Pedro.

Legal que nossa postagem tenha lhe ajudado. Conte sempre conosco.

Obrigado pelo contato

João Pedro 31 de julho de 2014 às 13:43 Responder

Meu filho está louco para aprender a tocar bateria, mas como moramos em apartamento fica meio complicado, já que os outros morados são chatos demais. Não sei o que faço agora, você me indicar algum tipo de instrumento de percussão que seja adequado,só pra ele começar ?

Deixe o seu comentário!