Escolha o fogão ideal para as suas necessidades

Escolha o fogão ideal para as suas necessidadesO fogão é um eletrodoméstico que a maioria das famílias leva anos para substituir. Nesse momento, muitos consideram essa tarefa simples, basta escolher um modelo mais em conta ou pegar o maior, mais bonito e várias funções. Quem pensa assim, vai se surpreender ao ver a grande quantidade de modelos que o mercado oferece atualmente, com tamanhos variados, designs que melhoram a decoração de sua cozinha, avanços tecnológicos e apetrechos que tornam tudo mais fácil e rápido.

Sendo assim, antes de comprar seu fogão, é preciso saber se ele responde todas as suas necessidades e garante praticidade e rapidez na hora de preparar sua refeição. Abaixo, separamos alguns pontos importantes na hora de escolher o fogão ideal para a sua cozinha.

Tamanho é documento

Na hora de escolher a quantidade de bocas do seu fogão, é necessário levar em conta três detalhes: espaço disponível, quantidade de usuários e a freqüência de uso. Possuir um grande espaço pode até possbilitar a instalação aquele fogão de seis bocas e dois fornos, mas de nada irá adiantar para quem vive sozinho e usa apenas para preparar um miojo de madrugada. A dica é simples: quanto maior a família, mas bocas serão necessárias.

Independente da quantidade de bocas fique atento ao tipo de chama: há modelos que utilizam as mais potentes, normalmente conhecidas como boca central. Eles garantem facilidade, rapidez no preparo de alimentos que exigem grande tempo de cozimento.

Tipos de fogão

Fogão de pisoO fogão de piso é o modelo mais popular do mercado, encontrado na maioria dos lares. Ele funciona a gás, contendo de 4 a 6 bocas e possuem ou um dois fornos embutidos. Isso facilita o preparo de refeições de grandes quantidades, garantindo versatilidade e rapidez. Fora o fato de possuírem acendedores automáticos, fornos autolimpantes, timer sonoro e outras funções.

Apesar de ter um design mais arrojado que o forno embutido ou o cooktop, o aparelho compensa pela acessibilidade. Além de possuir os menores preços, esse aparelho dispensa a instalação profissional, bastando que o usuário siga as normas de segurança, em relação ao botijão de gás, para começar a cozinhar.

Fogão embutidoO fogão embutido se diferencia por necessitar de uma bancada ou móvel, sendo utilizado em cozinhas planejadas. Dessa forma, é indispensável um espaço para ventilação, evitando que aconteça um superaquecimento. Apesar possuir um valor mais alto em comparação ao forno convencional, ele tem um design distinto, é mais fácil de limpar, além de ser uma ótima opção para quem tem espaço reduzido e precisa de móveis planejados.

Lembrando que, como o eletrodoméstico é fixo, só poderá haver alguma mudança se forem realizadas reformas. Assim, se a substituição do aparelho for requisitada, você terá que buscar um modelo com dimensões idênticas ao do antigo.

Fogão de MesaJá os fogões de mesa, popularmente conhecidos como cooktop, são aqueles que possuem apenas as bocas superiores numa base que pode ser instalada em pias, móvies, mesas e entre outros. Indicados para quem possui cozinhas planejadas, por possuírem um design mais moderno e ocuparem menos espaço.

Há três tipos de aquecimentos básicos: a gás, indução (placas magnéticas)  e os elétricos vitrocerâmicos.

Praticidade na hora de limpar

Limpando o fogãoIndependente da freqüência que você irá usar o seu aparelho é preciso estar atento a limpeza do seu fogão. Por isso, para realizar essa função de maneira eficiente e prática, por modelos que possuam acabamentos lisos, como o aço inox ou o esmalte de baixa porosidade.

Além disso, alguns desses acabamentos possuem acessórios que vão facilitar na hora da limpeza: o forno autolimpante, por exemplo, apresenta um tipo de esmalte especial, queimando os pingos de gordura na parede. Há também modelos que possibilitam a remoção dos botões e prateleiras, facilitando a lavagem.

Funções

Forno duplo: representa uma vantagem para quem precisa cozinhar mais de um prato ao mesmo tempo, garantindo agilidade e praticidade. Porém, se você não faz muito uso do seu forno, essa função trará um gasto extra em relação à energia consumida mensalmente.

Válvula de segurança: presente em todos os fogões produzidos no país é um sistema de segurança que ao ser acionado, corta a passagem de gás quando a chama se apaga ou se um botão é pressionado acidentalmente.

Conversão do Gás GLP para Natural: se o seu fogão tiver a opção de utilizar o gás natural ao invés do gás de botijão (GLP), você poderá reduzir custo e aumenta a vida útil dos equipamentos. Além de não haver mais necessidade de estocar botijão, o que diminui também os riscos de acidente e espaço necessário para armazenamento.

Grill Elétrico: criados para dourar e gratinar os alimentos. Existem dois tipos, o grill a gás e o elétrico, que consome menos energia.

Acendimento superautomático: possui ignição rápida, garantindo mais segurança e facilidade e elimina o risco de queimaduras.

Timer: permite que você programe as tarefas e controle o tempo de preparação dos alimentos. Ele possui um aviso sonoro, que indica o momento planejado para terminar o cozimento. Além disso, existem modelos que também cortam o gás.

InmetroSegurança e eficiência

Por fim, não se esqueça de certificar-se que o seu fogão possui o Selo do Inmetro: ele garante que o produto esteja dentro das normas de segurança e indique o nível de consumo de gás. Desta forma, opte por produtos com nível A de gasto nos queimadores e A no forno, sendo mais econômicos na hora de consumir o gás.

Lembrando que, no caso de adquirir um modelo que utiliza energia elétrica em algumas funções, é necessário observar também se o modelo com o selo Procel.

Veja artigos relacionados

Comentários (0)

Deixe o seu comentário!